• Rev.Dorgival Santos Silva

DAR ESPERANÇA, DAR AMOR: A ARTE DE SERVIR Á DEUS

Boa noite a todos!!


Hoje estamos transmitindo pela primeira vez o culto mensal via internet, e espero que em qualquer parte do mundo, esta cerimônia leve paz, conforto e esperança as pessoas que nos ouvem e oram conosco.


Também quero dedicar a dedicação de hoje a uma pessoa muito especial em minha vida, a quem aprendi a respeitar e é meu amigo, meu conselheiro. Estou falando do Reverendo José Arouca, que está passando por uma grande purificação e com a proteção de Deus e Meishu-Sama, está se recuperando. Muita luz a ele, a Reverenda Helena Arouca que o está acompanhando nesta longa jornada.


Apreciar a arte é uma das colunas de salvação que Meishu Sama nos ensina. O Johrei atua no sentido de dar vida ao homem, tornando-o útil a humanidade, muitas vezes fazendo que ele literalmente nasça novamente como ser humano. O ato de ministrar Johrei também é uma arte. A leitura e o estudo dos ensinamentos de Meishu-Sama também é uma arte, pois faz com que o homem adquira sabedoria, não apenas lendo, mas principalmente através da prática da Verdade, da Virtude e da Beleza.


Saber dar vida a alguém, saber utilizar os talentos das pessoas que aqui chegam, para que a Obra Divina cresça, é a missão dada a nós por Meishu-Sama. Isto também é uma arte. Por isso, quando um membro ou freqüentador começa a dedicar, fica feliz, sentindo-se útil a Deus, e é isso que temos que ensinar sempre: DEDICA-SE A DEUS ATRAVÉS DOS HOMENS. Mas não se pode confundir o SERVIR com bajulação. Ou seja, é mais difícil alcançar Deus dedicando para o homem.


Se os antepassados, com a permissão de Deus e Meishu-Sama encaminham seus descendentes até a Igreja, é porque eles confiam que saberemos utilizá-las da melhor maneira possível, dando-lhes vida, respeitando sua condição, suas dores, seus sonhos.


Muitas pessoas tem abundância de recursos, de alimentos, de saúde, etc. Mas quem não sabe dar vida aos alimentos, um dia poderá sentir falta dele, quem tem muito dinheiro, se não souber dar vida a ele, também um dia poderá sentir sua falta. Aprender a dar vida as coisas, faz com que a gente cresça e evolua espiritualmente. Muitas pessoas que estão sofrendo, de algum modo, não estão sabendo dar vida ao que tem.


Saber pensar positivamente é dar vida ao pensamento. Por exemplo, quando o marido reclama da esposa, ou esposa reclama do marido é porque um não sabe dar vida ao outro. Algumas pessoas que estão sofrendo devem estar matando mais do que dando vida às coisas. Quem fica inútil, ocioso, em casa, matando o tempo, pensando bobagens, buscando culpados por seus dissabores, é porque não está dando vida ao tempo como deveria.


Muitas pessoas amam tanto sua família, que acabam não dando vida a eles como se deve, criam uma super-proteção, tentando poupá-los de seus deveres. Com isso, tiram deles a oportunidade de crescerem, de dar vida a suas coisas, e , tratadas dessa protecionista, começam logo a reclamar de tudo. O amor pode tanto salvar como prejudicar. Principalmente os pais, que por amor demais que dão para os filhos, acabam fazendo tudo por amor, e não conseguem formá-los para sobreviver na sociedade. Pensando bem, os animais que só tem instinto, conseguem formar melhor seus filhotes para sobreviver.


Do mesmo modo, quando se tenta encobrir erros e atitudes de alguém próximo para evitar dissabores na família, no trabalho, etc., pensa que está fazendo uma boa ação, mas no fundo, está sendo conivente com o mal, e quando a verdade vem a tona, e como uma represa que se rompe, se não ficar atento, torna-se incontrolável. Tudo causado pela omissão perante o mal. Ao surgir o problema, devemos procurar resolvê-lo logo, sem rodeios, assim evitam-se inúmeros problemas futuros.


Para desenvolver o espírito de verdadeira salvação, uma das coisas essenciais e mais importante é o amor. Como Meishu-Sama ensina, temos que desafiar o egoísmo para salvar.


Se quiser ter amor, temos que aprender a ter mais paciência com outro ser humano. O homem com toda inteligência, não consegue formar outro.


Porque muitas vezes nós mais prejudicamos do que ajudamos com o nosso amor?

Todo amor que prejudica é amor egoísta, portanto, todo amor que beneficia é amor Daijo, altruísta. Pessoas que dão amor para agradar, para resolver problemas, parece que está salvando, mas na realidade, pode estar prejudicando.O verdadeiro amor, não é só agradar, não é só fazer alguma prática para a pessoa, é ter coragem para fazer aquele que está sofrendo encontrar a sua felicidade, por vezes, através de uma boa bronca.


Em nosso aprimoramento, devemos sempre buscar evoluir, seja através das aulas de aprimoramento, nas aulas de iniciação, nos cultos especiais, tudo para dar vida útil ao nosso tempo. Mas, apenas ouvir não é suficiente, tem que ter coragem de mudar, de sair do nível que se encontra e ultrapassar mais uma etapa.


Todos que vem a Igreja têm uma missão a cumprir. Uns para serem salvos e outros para participar da Obra Divina. Quem conseguir realmente ser salvo, tem que aprender que também poderá ser usado no servir e, com gratidão, participar da expansão. Mesmo aqueles que vêm para nos purificar são úteis. Ninguém entra na igreja, sem finalidade, sem missão.


Para se formar pessoas úteis na Obra Divina temos que ter e também orientar sobre equilibrar três pontos na vida: a fé, o trabalho e a família. Quem não conseguir equilibrar estes pontos, não conseguirá ser uma pessoa plenamente útil a Deus e Meishu Sama. Conseguindo o equilíbrio, nós podemos chegar tranqüilos perante o altar e nos colocar à disposição de Deus, para que Ele possa nos utilizar.


Com certeza, alcançando este equilíbrio, alcançaremos a excelência na arte de servir na igreja, em casa e no trabalho. Não haverá diferença de postura, será sempre a mesma pessoa em qualquer local, em qualquer circunstancia.


Devemos ter uma postura e um sentimento, de que ao receber alguém, sejamos como uma ponte que liga a pessoa a Deus e Meishu Sama. Que esta pessoa saiba que onde ela estiver se precisar de apoio, de conforto, ela saberá onde encontrar. Mas nunca esquecendo, que a pessoa tem que buscar, senão você utiliza o amor errado na salvação, não podemos ser muletas, temos que mostrar o caminho e apoiá-la a vencer os obstáculos.


Tem uma música que diz assim:


“Quando estiveres cansada, sentindo-se pequena.

Quando as lágrimas estiverem em seus olhos, eu secarei todas elas.

Eu estou ao seu lado. Quando o tempo estiver ruim e os amigos

simplesmente não possam ser encontrados


Como uma ponte sob águas turbulentas

Eu me colocarei


Quando você estiver na pior,

Quando você estiver pelas ruas,

Quando a noite cair duramente

Eu confortarei você, Tomarei conta de você


Quando a escuridão vier, E a dor estiver em toda parte


Como uma ponte sob águas turbulentas

Eu me colocarei


Navegue, Navegue por ai.

Seu tempo chegou para brilhar,

Todos os seus sonhos estão em seu caminho.

Veja como eles brilham,

Se você precisa de um amigo,

Eu estou a navegar bem perto de você.


Como uma ponte sob águas turbulentas

Eu aliviarei sua mente ”


Sabem de quem é está música? Daqui a pouco vocês saberão de quem é. Vamos ser esta ponte na vida das pessoas, vamos dedicar com arte.


Para encerrar, gostaria de deixar uma mensagem aos jovens, afinal este mês comemoramos aqui no Brasil, além do dia de Nossa Senhora Aparecida, também o dia das crianças:


Se vocês realmente desejam transformar seu estado de vida, devem então dedicar toda a força que possuem.


Será impossível transformar sua vida se dedicarem apenas parte de seus esforços. Por mais duro que possa parecer, é somente se esforçando totalmente para polir e aperfeiçoar a vida que poderão atingir um estado de vida de grande alegria.


Espero que os jovens em particular, empenhem-se diligentemente para cultivar a si próprios, mantendo a atitude de que

"Se eu não me desenvolver agora enquanto sou jovem, então, quando o farei?"


Queria que vocês ouvissem uma mensagem narrada e prestassem atenção do que é o amor de pai, pois um dia vocês também serão pais, e até que ponto um pai pode dar a vida para salvar um filho.


Que tenham uma vida cada vez mais abençoada !!!


Reverendo Dorgival




0 visualização
LOCALIZAÇÃO

55 (11) 4227-4401 / 2341-2508

 

Rua Ibitirama - 629, Vila Prudente. São Paulo/SP

Horários: Seg/Sex - das 09 às 20

                  Sábados das 09 às 19

CONECTE-SE
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Ícone

© 2019 por Templo Arte do Johrei